31 de agosto de 2016

POR 61 A 20, SENADORES CONFIRMAM O GOLPE DE 2016

Por 61 a 20, o plenário do Senado acaba de decidir pelo impeachment de Dilma Rousseff. Não houve abstenção. A posse de Temer ocorrerá ainda hoje.

O resultado foi comemorado com aplausos por aliados do presidente interino Michel Temer, que cantaram o Hino Nacional.

O resultado foi proclamado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que comandou o julgamento do processo no Senado, iniciado na última quinta-feira (25).

30 de agosto de 2016

ELEITOR PRECISA ESTAR ATENTO A FRAUDE JORNALÍSTICA COM PESQUISA MANIPULADA

O eleitor deve estar muito atento a possíveis manipulações de pesquisas nas eleições municipais deste ano. “Agora virou moda, no interior, vários municípios terem institutos localizados que não existem nem de fato.

São pesquisas compradas e registradas na tentativa de influenciar o resultado nos municípios do Brasil”.

Um exemplo disso é o de discrepância entre os números apresentados pelas pesquisas e o resultado final das eleição, como já aconteceu em Caicó no passado e nada impede que esse fato possa se repetir nessas eleições.

Hoje existe uma “indústria de pesquisas compradas”, que coloca o candidato A ou B em uma situação privilegiada.“ Alguns candidatos podem até comprar pesquisas, mas não podem comprar a consciência do eleitor. Geralmente essas pesquisas vão apontar favorecendo ao candidato do lado dos números equivalentes com as cifras acertadas.

Um exemplo clarro ocorreu na maior cidade do Brasil São Paulo, quando todos os institutos davam que o José Serra estava numa situação ascendente, o instituto IBOPE colocou-o em 3ºlugar. “A Presidente Dilma e o ex-presidente Lula concentraram suas campanhas em três Estados: São Paulo, Salvador e Manaus. Será que é coincidência, que exatamente nesses três Estados o IBOPE errou da forma mais escandalosa e escancarada? Eu não acredito em coincidência. Essa manipulação dos institutos de pesquisa tem de ter um basta.”

ESTÁ NO AR O SITE DA CAMPANHA PARA A PREFEITO DE NILDSON DANTAS

Já está no ar o site da campanha para a prefeito de Nildson Dantas e o irmão Assis da Cosern. Através do endereço eletrônico nildsondantas55.com.br o eleitor terá acesso a um conteúdo diversificado que vai desde o perfil dos candidatos contando um pouco da trajetória de vida, até o plano de governo onde você poderá conferir os compromissos assumidos na campanha que foram entregues a Justiça Eleitoral.

Um dos destaques do nildsondantas55.com.br é a cobertura completa das agendas dos candidatos Nildson Dantas e o seu vice, o irmão Assis da Cosern. Fotos, vídeos, notícias, tudo estará disponível em tempo real de forma rápida e interativa.

ROMBO NAS CONTAS DO GOVERNO TEMER CRESCE 140% E VAI A R$ 18,55 BI

O governo central registrou déficit primário de 18,552 bilhões de reais em julho, pior para o mês na série histórica iniciada em 1997, em meio à contínua fraqueza na arrecadação e elevadas despesas extraordinárias, como o reforço fiscal dado ao Rio de Janeiro para as Olimpíadas.

O resultado, que engloba Tesouro, Banco Central e Previdência Social, veio melhor que o rombo de 21,9 bilhões de reais estimado por analistas em pesquisa Reuters. Segundo informou o Tesouro nesta terça-feira, a receita líquida total caiu 7,4 por cento em julho sobre um ano antes em termos reais, a 91,802 bilhões de reais, sobretudo por conta da recessão.

No período, as despesas totais subiram 3,2 por cento já descontada a inflação, a 110,354 bilhões de reais, influenciados pela alta de 7,3 por cento nos gastos com benefícios previdenciários. Também pesou na conta o pagamento de 9,2 bilhões de reais em subsídios, subvenções e Proagro seguindo o calendário semestral determinado pelo Tribunal de Contas da União (TCU), além de 2,9 bilhões de reais para o Rio de Janeiro para a realização da Olimpíada.

Para o ano, o governo tem como meta rombo de 170,5 bilhões de reais que, se confirmado, será o terceiro déficit primário consecutivo do país e o maior já registrado. Nos 12 meses até julho, o déficit já somava 163,34 bilhões de reais.

CARDOZO CHORA E FALA EM INJUSTIÇA CONTRA DILMA

Ao deixar o plenário do Senado para o intervalo do almoço, José Eduardo Cardozo, advogado de defesa da presidente Dilma Rousseff, foi às lágrimas ao conversar com jornalistas; “Nunca deixei de me emocionar diante da injustiça.

Aquele que perde a emoção diante da injustiça se desumanizou”, disse; “Para quem conhece Dilma Rousseff, pedir sua acusação para defender seus netos é algo que me atingiu muito fortemente”, disse ele, ao se referir à fala de Janaina Paschoal; "Peço que ela um dia entenda que eu fiz isso pensando também nos netos dela", afirmou a autora da acusação.

DEZESSETE MUNICÍPIOS CONCENTRAM AO MENOS 22% DA POPULAÇÃO BRASILEIRA

Apenas 17 municípios brasileiros concentram 21,9% da população do país. Segundo as Estimativas de População de 2016 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), todas essas cidades têm mais de um milhão de habitantes e somam 45,2 milhões de pessoas. De acordo com levantamento do IBGE, o país tem 206 milhões de habitantes, em 5.570 cidades.

Em 2016, mais da metade da população brasileira (56,4%) vive em apenas 309 dos municípios com mais de 100 mil habitantes. Esses locais (5,5% do total de municípios brasileiros) concentram 116,1 milhões de habitantes.

A cidade de São Paulo, a mais populosa do Brasil, tem população de 12,04 milhões (5,8% do total nacional). A capital paulista é seguida por Rio de Janeiro (6,5 milhões), Brasília (2,98 milhões), Salvador (2,94 milhões), Fortaleza (2,61 milhões), Belo Horizonte (2,51 milhões) e Manaus (2,09 milhões).

Três municípios brasileiros têm menos de mil habitantes, segundo as estimativas populacionais do IBGE: Serra da Saudade, em Minas Gerais (815 pessoas), Borá, em São Paulo (com 838 pessoas) e Araguainha, em Mato Grosso (com 953 pessoas). Estima-se que, de 2015 para 2016, quase 24,8% dos municípios tiveram redução de população.

As estimativas populacionais municipais, divulgadas anualmente, são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios. Elas são usadas também para o cálculo de indicadores econômicos e sociodemográficos.

IMPRENSA INTERNACIONAL DESTACA ACUSAÇÃO DE GOLPE FEITA POR DILMA NO SENADO

A imprensa norte-americana destacou o discurso feito pela presidenta afastada Dilma Rousseff no Senado brasileiro. O The Wall Street Journal informou que Dilma disse, em discurso de 45 minutos, que as acusações que lhe são impostas são na verdade “uma desculpa para permitir um golpe de estado e que seus inimigos querem reverter o resultado eleitoral de 2014".

Dilma disse que “o que está em risco agora são as conquistas dos últimos 13 anos” de sua administração e a de seu mentor e antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva. Ela falou também dos avanços feitos pelo governo em favor dos cidadãos mais pobres do país e sua classe média. “O que está em risco é o futuro do país, a oportunidade e a esperança de avançar ainda mais”, acrescentou Dilma.

O jornal britânico The Guardian, em sua edição americana, ressaltou que Dilma Rousseff decidiu fazer sua própria defesa contra acusações de que manipulou as leis orçamentárias. “Em quase 70 anos de idade, não vai ser agora, depois de me tornar mãe e avó, que vou abandonar os princípios que sempre me guiaram”, disse em seu depoimento.

Já o jornal The Los Angeles Times destacou que Dilma Rousseff assumiu a própria defesa em processo de impeachment movido contra ela no Senado brasileiro. Em seu pronunciamento, de acordo com a publicação, Dilma acusou as elites do Brasil de ameaçar a democracia no maior país da América Latina. “Como todo mundo, tenho defeitos, e eu cometi erros, mas os meus defeitos não incluem traição ou covardia”, disse Dilma.

28 de agosto de 2016

CONTINUA REPERCUTINDO A PARTICIPAÇÃO DE NILDSON DANTAS NO DEBATE DA OAB EM CAICÓ

Continua repercutindo nos meios políticos a postura do candidato a prefeito de Caicó, Nildson Dantas (PSD), durante o debate promovido na última sexta feira pela OAB em Caicó no auditório da UFRN. 

Para os observadores Nildson mostrou experiência e que está preparado para administrar o município. 

Com uma postura séria, Nildson respondeu a todas as perguntas feitas durante os blocos do debate, mostrando preparação para os assuntos abordados como mobilidade, geração de emprego, além de saídas para enfrentar o caos enfrentado pelo homem do campo que está abandonado pelo poder público municipal a muito tempo.

Nos seus agradecimentos finais Nildson falou da importância da família na construção dos valores morais e de um futuro que começa a partir das escolhas de cada cidadão, que deseja colocar Caicó em Boas.

MEGA-SENA ACUMULOU E DEVE PAGAR MAIS DE R$ 5 MILHÕES NA QUARTA-FEIRA

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 1.851 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado em Ipu, no Ceará.

As dezenas sorteadas no sábado (27) foram as seguintes:

8 – 18 – 21 – 22 – 35 – 37

Segundo a Caixa Econômica Federal, 40 apostadores acertaram a quina, e vão receber R$ 37.468,65 cada.

Outros 3146 apostadores acertaram a quadra, e cada um levou R$ 680,56 para casa. O prêmio estimado para o próximo sorteio, na quarta-feira (31), é de R$ 5,1 milhões.

DEPOIMENTO DE DILMA DEVE ESCALAR TENSÃO ENTRE SENADORES

Ato derradeiro antes da votação final do impeachment, o depoimento da presidente Dilma Rousseff, na segunda-feira, promete ser ainda mais tenso do que vêm sendo as sessões do julgamento da petista no Senado, apesar da tentativa de alguns em serenar os ânimos.

Advogado da presidente afastada, o ex-ministro da Justiça e da Advocacia-Geral da União José Eduardo Cardozo afirmou não temer que o depoimento se transforme em mais uma batalha no Senado."A presidente vai fazer um discurso de estadista. Não terá provocação", afirmou.

A julgar pelos dois dias de depoimentos de testemunhas até aqui, no entanto, dificilmente deixará de haver duros embates no plenário. "Se alguém levantar o tom com ela, nós vamos responder. Qualquer ação vai gerar uma reação, está tudo à flor da pele", afirmou a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM).

DILMA: NÃO SUICIDO, NÃO RENUNCIO E NÃO FUJO

Presidente eleita por 54,5 milhões de brasileiros vai enfrentar seus algozes na segunda-feira (29) na sessão do Senado que a julga por crime de responsabilidade.

Condenada, terá confirmado seu afastamento, hoje provisório; desde que deixou o comando do País, há 109 dias, a “dama de ferro” do PT mantém-se firme no enfrentamento do golpe.

No dia 24, em seu último ato público, Dilma bradou seu grito de guerra; “Hoje eu não tenho de renunciar, não tenho de me suicidar, não tenho de fugir para o Uruguai”, disse, em referência a presidentes que tiveram mandatos interrompidos: Getúlio Vargas, Jânio Quadros e João Goulart; Dilma vai para o campo de batalha: “A única coisa que mata as parasitas antidemocráticas é o oxigênio do debate, da crítica e da verdade.”

VERISSIMO: BRASILEIROS FORAM FEITOS DE PALHAÇOS

"Depois da provável cassação da Dilma pelo Senado, ainda falta um ato para que se possa dizer que la commedia è finita: a absolvição do Eduardo Cunha", diz o escritor Luis Fernando Verissimo, um dos maiores intelectuais brasileiros; "Pela lógica destes dias, depois da cassação da Dilma, o passo seguinte óbvio seria condecorarem o Eduardo Cunha. Manifestantes: às ruas para pedir justiça para Eduardo Cunha!"; neste fim se semana, Le Monde e New York Times ridicularizam o Brasil; no jornal francês, o impeachment foi chamado de golpe ou farsa; no NYT, Dilma é devorada por ratos; Verissimo faz ainda um lembrete: "evite olhar-se no espelho e descobrir que, nesta ópera, o palhaço somos nós."

26 de agosto de 2016

NILDSON DANTAS APRESENTA PROPOSTAS PARA O HOMEM DO CAMPO DURANTE DEBATE DA OAB

O candidato a prefeito Nildson Dantas foi o primeiro a responder a perguntas vinda das instituições que foi feita pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais que indagou ao futuro prefeito quais as prioridades para a zona rural na sua gestão.

Com firmeza, Nildson respondeu que no seu plano de Governo estão contidas várias propostas para o agricultor que pedi urgentemente uma solução para caos vivenciado.

Um dos pontos tocados foi à criação de uma farmácia popular e outros projetos que resgatarão a dignidade dos que tiram seu sustento da terra. Valorizar o quer for produsido no campo com o município adquirindo os produtos a um preço justo e que grande parte possa ser utilizado na merenda escolar.
 

CANDIDATOS A PREFEITO DE CAICÓ PARTICIPAM DE DEBATE PROMOVIDO PELA OAB

Os candidatos a prefeito de Caicó – Batata Araújo (PSDB), Nildson Dantas (PSD), Judas Tadeu (PROS), Roberto Germano (PMDB) e João Braz (PCdoB) se encontram nessa sexta-feira (26), para o primeiro debate oficial no pleito de 2016.

O evento aconteceu a partir das 15h, no auditório da UFRN, e foi transmitido ao vivo pelo Sistema Rural de Comunicação e pela TV Kurtição, dentro da programação do XV Jus et Justitia, congresso que debaterá “Eleições, Política e Gestão Pública”, com grandes palestrantes nacionais e regionais.

Roberto e Nildson mostraram mais experiência, enquanto os outros debatedores pareceram mais tímidos. Dentro das expectativas, Batata decepcionou porque se esperava um desempenho melhor. Não teve. Judas Tadeu ainda mostrou imaturidade e João Braz cumpriu tabela.

O candidato Batata foi criticado pelo prefeito Roberto Germano em um dos momentos do debate, quando Batata se referiu ao seu programa de governo. Batata declarou que se chegar a ser prefeito vai acabar com a maioria dos cargos comissionados.


Foi aí que Roberto cobrou do candidato dizendo:Batata você foi meu líder na Câmara Municipal até bem pouco tempo, como vem falar agora em reduzir cargos comissionados se você ao deixar a líderança não entregou os cargos que tem para colocar seus amigos. Batata escutou e calou diante de uma plateia de quase 300 pessoas.

INTEGRAÇÃO LIBERA R$ 42,2 MI PARA ADUTORA DE ENGATO RÁPIDO DE CAICÓ

O Ministério da Integração Nacional disponibilizou R$ 82,3 milhões para a execução de obras que vão garantir o abastecimento de água a mais de 370 mil pessoas nos estados do Ceará e Rio Grande do Norte. Os recursos emergenciais são destinados à construção de adutoras de engate rápido em municípios atingidos pela seca e estiagem.

Do valor total, aproximadamente R$ 42,2 milhões serão empregados na construção da adutora de Caicó (RN), que vai beneficiar quase 88 mil pessoas no estado, e mais de R$ 40 milhões na implementação de dez sistemas adutores em municípios cearenses, favorecendo mais de 282 mil habitantes. Ao todo, as tecnologias de abastecimento irão garantir o atendimento de famílias em 16 cidades.

Os recursos são parte do crédito extraordinário - no valor de R$ 789,9 milhões - liberado por meio de Medida Provisória em favor do Ministério da Integração Nacional no início de agosto. O valor já se encontra disponível para o Departamento de Obras Contra as Secas (Dnocs), responsável pela construção das adutoras.

O BRASIL JÁ NÃO SERÁ O MESMO

"Qualquer que seja o desenlace imediato da mais profunda e prolongada crise que o país já viveu, o Brasil não sairá igual, já nunca mais será o mesmo. A crise devastou a credibilidade de todo o sistema politico, liquidou a legitimidade do Congresso, propagou a descrença no Judiciário e fez o povo ver que não basta votar e ganhar eleição para que o mandato presidencial seja respeitado", escreve o sociólogo e jornalista, Emir Sader.

Ele acusa o Supremo de um "silêncio cúmplice" nesse processo; "Como se pronunciará o STF sobre qualquer tema, se se calou diante do golpe, posto em prática sob seus narizes?", questiona; e afirma que, "se o golpismo triunfar no Senado, será preciso fazer com que pague duramente o preço do atentado ao país que estará perpetrando."

LULA: RELATÓRIO DA PF É “PEÇA DE FICÇÃO”

Em nota, os advogados Cristiano Zanin Martins e Roberto Teixeira, que defendem o ex-presidente Lula e sua esposa, Marisa Letícia Lula da Silva, "repudiam veementemente o indiciamento de seus clientes a partir das apressadas conclusões" do relatório da Polícia Federal.

Para a defesa, documento "tem caráter e conotação políticos e é, de fato, peça de ficção"; "Lula e D. Marisa não cometeram crimes de corrupção passiva, falsidade ideológica ou lavagem de capitais", reforçam ainda, rebatendo passo a passo as acusações relacionadas ao apartamento no Guarujá, litoral paulista.

NÚMERO DE MORTOS POR TERREMOTO NA ITÁLIA SOBE PARA 281

A esperança de encontrar mais sobreviventes do forte terremoto que atingiu a Itália diminuiu nesta sexta-feira, com o número de mortos subindo para 281 e com a operação de resgate em algumas das áreas atingidas sendo encerrada.

Três dias após o terremoto arrasar o coração montanhoso do país, cães farejadores e equipes de emergência continuavam a vasculhar a cidade de Amatrice, mas sem sinal de vida sob os escombros.

"Só um milagre pode trazer nossos amigos de volta dos escombros, mas ainda estamos cavando porque muitos estão desaparecidos", disse o prefeito da cidade, Sergio Pirozzi, a repórteres, acrescentando que cerca de 15 pessoas, incluindo algumas crianças, continuam desaparecidas.

A Itália planeja realizar um funeral de Estado para cerca de 40 das vítimas no sábado, na cidade vizinha de Ascoli Piceno. Um dia de luto nacional foi decretado, com bandeiras a meio mastro em todo o país.

PF INDICIA LULA NO CASO DO TRÍPLEX DO GUARUJÁ

A Polícia Federal indiciou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na investigação sobre o tríplex no Guarujá. A esposa dele, Marisa Leticia, e mais três pessoas também foram indicadas por corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro.

Além de Lula e Marisa, o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, e o arquiteto Paulo Gordilho também foram indiciados.

O ex-presidente e a esposa foram beneficiários de vantagens ilícitas, segundo a investigação, por valores que chegam R$ 2,4 milhões referentes a obras do imóvel. O inquérito da PF foi centralizado na reforma do tríplex, construído pela Bancoop (cooperativa habitacional do sindicato dos bancários), que teve como presidente o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

Vaccari Neto está preso desde abril de 2015. O imóvel foi adquirido pela OAS e recebeu benfeitorias da empreiteira, acusada de corrupção na Petrobrás. O petista é alvo de três investigações centrais na Operação Lava Jato, em Curitiba sede do escândalo de cartel e corrupção na Petrobrás, e esse é o primeiro indiciamento formal contra ele.

25 de agosto de 2016

POR 9 VOTOS FAVORÁVEIS E 4 ABSTENÇÕES PREFEITO DE APODI É AFASTADO PELA CÂMARA

Em conclusão ao processo de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), o poder legislativo apodiense votou nesta quinta-feira 25, o relatório final da (CPI) que pede o afastamento do prefeito Flaviano Monteiro (PC do B) durante sessão ordinária.

O primeiro secretário da Casa e relator do processo, vereador Ângelo de Dagmar (SDD), leu o relatório na Tribuna que pede o afastamento do prefeito por não apresentar informações pedidas pela Casa Legislativa, no total de oito requerimentos não atendidos.

A denúncia foi apresentada pelo cidadão Igor Bandeira, por entender que o chefe do Executivo não cumpriu com as leis que regem a casa legislativa. Os vereadores governistas contestaram o fato de o prefeito ter sido convocado para um julgamento, quando na verdade a CPI que foi para pauta era outra, do ano de 2014, que está paralisada por força de um mandato judicial.

Seguindo o regimento interno da Câmara a votação se deu de forma nominal com cada vereador apresentou seu voto, a favor ou contra o afastamento do gestor. Primeiro foi votado a questão o cometimento ou não de ato de improbidade administrativa, que foi aprovado por 9 votos favoráveis e 4 abstenções.

Após aprovado o afastamento, o decreto legislativo foi lido pelo vereador presidente da casa Filho Neto (PPS), convocando o vice prefeito José Maria Silva (PSD), a tomar posse amanhã 26, na sede do legislativo. A comissão foi composta pelo relator Ângelo de Dagmar (SDD), Genivan Varela (PCdoB) membro e Laete Oliveira (PTN) presidente.

SEGURANÇA: ESQUEMA PARA VOTAÇÃO DO IMPEACHMENT TERÁ 2.000 AGENTES

Após uma reunião com representantes de grupos pró e contrários ao impeachment, a Secretária de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF) definiu o esquema tático para garantir a ordem na Esplanada dos Ministérios durante os dias de julgamento no Senado.

Ao todo, são esperadas cerca de 60 mil pessoas a partir da próxima segunda-feira (29/8), dia em que a presidente afastada apresentará sua defesa na Casa.

A sessão de julgamento do processo contra Dilma se inicia amanhã as 9 horas. Desde ontem (23/8) um novo muro divide a zona central de Brasília. O lado direito da Esplanada, no sentido Congresso Nacional, estará destinado aos manifestantes que apoiam o impeachment, estes poderão se concentrar no Museu Nacional.

Os defensores da presidente afastada deverão se concentrar no Teatro Nacional e acompanhar o julgamento do lado esquerdo da área. Sobre a nova divisão, a secretária Márcia de Alencar comentou “é necessário para garantir a livre manifestação com a preservação das pessoas e a preservação do patrimônio”.

A partir de amanhã, 364 policiais militares irão garantir o perímetro na área, o número deve ser mantido durante os dois dias de oitivas no Senado. O trânsito nas Avenidas S1 e N1 será interrompido a partir da 0 horas da próxima segunda-feira (29/8) e deverá permanecer assim até o fim do julgamento. Para a próxima semana, o efetivo da polícia militar na Esplanada será de 1.332 agentes. A secretaria ainda afirma que este efetivo pode ultrapassar os 2.000 agentes até o final do processo.

SENADO COMEÇA A DECIDIR SE O BRASIL É UMA DEMOCRACIA

Começou, nesta quinta-feira, a fase final do julgamento da democracia brasileira no Senado Federal; caso a presidente Dilma Rousseff seja afastada sem que tenha cometido crime de responsabilidade, como acusam a imprensa internacional, artistas, intelectuais, juristas e historiadores, o voto no Brasil não terá nenhum valor daqui para a frente.

Eleições poderão continuar a existir, mas nenhum governo eleito terá segurança se não se render à chantagem do parlamento; isso significa que o eventual afastamento de Dilma condenará, para sempre, a democracia brasileira e os votos de milhões de eleitores serão sempre irrelevantes diante dos conchavos no Congresso e das armações oligárquicas brasileiras.

Trata-se de um golpe parlamentar em que a decisão de apenas 54 senadores pode vir a cassar o voto de 54 milhões de eleitores. A esses parlamentares, tudo tem sido prometido no mercado persa aberto pelo interino Michel Temer, de quem se esperava lealdade à presidente eleita, para se manter no poder. É um vale-tudo de uma eleição indireta que transformou o presidencialismo brasileiro num parlamentarismo imposto à força, sem que o povo fosse consultado.

Nada disso deu certo. A mais recente pesquisa Vox Populi revela que 79% dos brasileiros defendem a saída imediata de Temer do cargo para 61% deve haver novas eleições, enquanto 18% querem que Dilma siga até o fim de 2018.

“ESTÁ COMEÇANDO A SEMANA DA VERGONHA NACIONAL”

No dia em que se inicia o julgamento final do impeachment da presidente Dilma Rousseff, o ex-presidente Lula diz que "está começando a semana da vergonha nacional".

"Os senhores senadores que vão votar para Dilma ser impeachmada, que vão falar mal dela, estão caçando o voto que vocês deram em outubro de 2014", declarou, durante ato em defesa do emprego e da democracia no Estaleiro Mauá, em Niterói, no Rio; se dizendo "envergonhado" pelo Senado, Lula afirmou que senadores começam hoje a "rasgar a constituição do País ao tentar condenar uma mulher inocente"; ele citou dados de desemprego na indústria naval e defendeu que "o trabalhador humilde" não pague o preço do que está acontecendo no Brasil.

LULA VAI AO SENADO ACOMPANHAR DEPOIMENTO DE DILMA

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai ao Senado na segunda-feira (29) para acompanhar o depoimento da presidenta eleita Dilma Rousseff no julgamento do impeachment.

"Conversamos com o presidente Lula e ele disse que estaria aqui na segunda-feira para acompanhar o depoimento da presidenta Dilma e que, se fosse necessário, estaria à disposição para vir para Brasília no domingo", disse nesta quinta-feira o líder do PT na Casa, senador Humberto Costa; Lula deve assistir ao depoimento de Dilma em algum gabinete, e não no plenário, onde Dilma falará aos senadores.

PARANÁ PESQUISAS: 60% QUEREM NOVAS ELEIÇÕES

Se o Senado ouvir a voz das ruas, terá que, necessariamente, rejeitar o golpe parlamentar de 2016; isso porque 60% dos brasileiros apoiam a proposta da presidente Dilma Rousseff para que haja uma saída democrática e que sejam realizadas novas eleições antes de 2018.

Ao todo, 72% querem a saída do interino Michel Temer, quando se considera os que defendem que Dilma governe até 2018; a maioria (50,4%) também desaprova a administração do peemedebista; além disso, 66% dos brasileiros rejeitam a proposta de Temer de reduzir direitos trabalhistas para criar empregos.

LULA VOLTA AO STF CONTRA MORO E DIZ QUE ELE AINDA ESCONDE INQUÉRITO

Advogados do ex-presidente protocolaram nesta quinta no STF petição reafirmando que o juiz Sergio Moro "está agindo ilegalmente ao lhes negar acesso a procedimento investigatório".

Em nota, a defesa destaca que, "em nova decisão proferida ontem, o juiz Sergio Moro liberou o acesso apenas a um inquérito policial que até então tramitava sem a ciência dos defensores de Lula, mas não em relação ao outro procedimento também com tramitação oculta".

"O que pretende o Juízo Reclamado? Promover novas interceptações nos ramais usados pelo Reclamante inclusive para conversar com os seus advogados e depois divulgar novamente em rede nacional? Não há qualquer justificativa do ponto de vista jurídico para a negativa de acesso aos autos à defesa do Reclamante", diz trecho da peça.