23 de setembro de 2016

NILDSON DANTAS GARANTE QUE VAI REDUZIR GASTOS PÚBLICOS

O candidato a prefeito de Caicó Nildson Dantas vai implantar na sua gestão o “Programa de Redução de Gastos Públicos” com práticas de econômicas no uso da energia e da água nos prédios públicos, bem como, no uso do material de consumo.

A medida economizará receita que será revertida em melhorias para o município. Nildson sabe dará importância fundamental no zelo com o dinheiro público, por isso ainda defende a credibilidade da administração pública junto a iniciativa privada do município.

Nildson Dantas disse ainda que vai incentivar a participação nos processos licitatórios, afim, de buscar a realização de compras no comércio local e contudo a realização dos pagamentos dos fornecedores em tempo hábil. ” Nós estamos cientes dos vários atrasos por parte da atual administração com os fornecedores. Nós vamos economizar, reverter a receita para o município e ainda honrar com o compromisso junto aos fornecedores”, explicou Nildson.

ASSÚ: JUÍZA SUSPENDE DIVULGAÇÃO DE PESQUISA CERTUS CONTRATADA PELA OPOSIÇÃO

A juíza da 29ª Zona Eleitoral, Aline Daniele Belém Cordeiro Lucas, suspendeu na noite desta quinta-feira (22) a divulgação de uma pesquisa de intenção de voto elaborada pela Certus Pesquisa e Consultoria e registrada pelo grupo oposicionista na cidade do Assú, que tem como candidato a prefeito o Dr. Gustavo Soares (PR). A amostragem que seria apresentada ao eleitorado nesta sexta-feira (23) foi suspensa em razão de suspeitas de manipulação e adulteração dos dados.

A pesquisa foi registrada sob o nº 1843/2016 e contratada pelo Sr. Judson Alves da Silva, empresário e militante da “Coligação Unidos pela Mudança”, grupo que forma o bloco oposicionista que disputa o pleito eleitoral em Assú. As suspeitas de irregularidades surgiram a partir de diálogos difundidos em grupos de WhatsApp desde o início desta semana. As conversas indicariam possível manipulação dos resultados obtidos na pesquisa.

A estranheza parte do entendimento de que, quanto maior a amostra pesquisada, menor a margem de erro. No entanto, a pesquisa Certus que seria divulgada nesta sexta-feira contou com 400 entrevistados e teve margem de erro de 3,5%, ou seja, menor que a margem da pesquisa Consult, que teve 500 entrevistados.

Diante da suspensão temporária da divulgação ocasionada pela decisão judicial, a Certus Pesquisa e Consultoria e o Sr. Judson Alves dispõem de um prazo de 48 horas para se manifestarem nos autos e apresentarem defesa.

LULA DEFENDE COMO PRIORIDADE ELEIÇÃO DE MINEIRO EM NATAL

O ex-presidente Lula participou de um almoço de adesão num restaurante na Via Costeira e de uma plenária na Praça da Árvore de Mirassol, nesta quinta-feira (22), em apoio à candidatura de Mineiro e Carla à Prefeitura de Natal.

Ele falou sobre a perseguição que sofre de setores do Ministério Público Federal (MPF), lamentou o que chamou de “operação boca de urna” promovida pela lava jato para desmobilizar a militância petista e conclamou todos a redobrarem os esforços para elegermos Mineiro e Carla.

Lula disse que “não veio aqui para falar ‘fora’ ninguém”, mas sim para dizer que a prioridade é “eleger Mineiro”. “Nestes 10 dias que faltam para as eleições, é muito importante a gente acreditar que podemos, com nossa capacidade de convencimento, chegar ao segundo turno. É muito importante a gente saber que a gente é melhor que os nossos adversários”, afirmou.

O ex-presidente reafirmou que “nós temos que ter muito orgulho do que fizemos pelo país”, referindo-se ao legado de inclusão social dos 13 anos dos governos do PT. “Nós colocamos os pobres desse país no Orçamento da União. Provamos que esse país tinha jeito”, declarou à multidão que acompanhava o ato na praça, mesmo sob calor intenso.

Lula disse que “ficaria muito orgulhoso” se o povo de Natal lhe desse “o presente de eleger Mineiro”. “Natal vai reconhecer o que você tem feito a essa cidade”, disse ele a Mineiro.

PF COMBATE FRAUDE EM LICITAÇÕES DE ÓRGÃOS PÚBLICOS NO RN

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (23) em Natal e São José de Mipibu, na região metropolitana, a operação "três é demais" destinada a apurar fraudes em licitações realizadas por autarquias e órgãos públicos federais quando da contratação de mão de obra terceirizada.

Cerca de 54 policiais federais estão cumprindo 12 mandados judiciais de busca e apreensão.

No decorrer da investigação, iniciada há 4 anos, verificou-se que um principal suspeito controlava diversas empresas sendo o fato ocultado pela participação de “laranjas”, o que permitia que ele as utilizasse para participar de inúmeros processos licitatórios, simulando, assim, a existência de uma disputa que, na verdade, era fictícia.

Não foram encontrados indícios da participação de servidores públicos nas supostas ações criminosas. Na ação, a PF busca apurar o cometimento de crimes de falsificação e de uso de documento falso, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

TRE-RN CONFIRMA CANDIDATURA DE ROSALBA CIARLINI À PREFEITURA

O pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) confirmou na tarde desta quinta-feira, a candidatura da ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP) à Prefeitura de Mossoró, na região Oeste Poptiguar. Decisão por unanimidade: 6 a 0.

Só não votou o presidente da Corte Eleitoral, desembargador Dilermando Motta, que teve que se ausente. A sessão foi presidida por Ibanez Monteiro.

O resultado confirma a decisão de primeiro grau, assinada pelo juiz Cláudio Mendes, titular da 34a Zona Eleitoral, que indeferiu as impugnações impetradas pelos candidatos Silveira Júnior (PSD), que não é mais candidato a reeleição e de Tião da Prest.

Silveira e Tião, que estão juntos na batalha jurídica contra Rosalba, podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Com informações de César Santos

PARA JURISTA, PRISÃO DE MANTEGA FOI ARBITRÁRIA E TRAZ TENSÃO À LAVA JATO

A prisão temporária do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, cumprida na manhã desta terça-feira (22) e posteriormente revogada pelo juiz federal Sérgio Moro, gerou uma série de questionamentos no meio jurídico e que volta a colocar alguns procedimentos adotados pela Operação Lava Jato sob contestação de especialistas do Direito no país. Se por um lado criticou-se a falta de humanismo em realizar tal procedimento enquanto o economista acompanhava sua esposa em tratamento médico, por outro discutiu-se os critérios usados para o cerceamento de liberdade antes da realização de julgamento.

O jurista Rubens Glezer, professor e coordenador do Supremo em Pauta da FGV Direito de São Paulo, disse que faltaram argumentos que justificassem a prisão temporária do ex-ministro independentemente do mérito de quaisquer provas obtidas contra ele que apontem para a possibilidade de prática criminosa.

"A prisão temporária serve quando se tem um risco concreto, uma efetiva obstrução às investigações", afirmou. Para o especialista, "houve um excesso" por se buscar uma justificativa para a ação "somente por um risco abstrato".

Na avaliação do jurista, o recuo do juiz na decisão da prisão precisa ser compreendido além da esfera do Direito, mas um gesto político e no campo da moralidade. Ele acredita que a repercussão negativa de a prisão ter ocorrido no momento em que o ex-ministro acompanhava sua esposa em um tratamento médico gerou um nível de "constrangimento público", que levou Sérgio Moro a rapidamente se mobilizar e optar pela revogação do ato.

MEC DIZ QUE MP ESTAVA ERRADA E QUE NENHUMA DISCIPLINA SERÁ EXCLUÍDA

O governo de Michel Temer fez mais um recuo nesta quinta-feira 22. Horas depois de ter divulgado a jornalistas o texto da Medida Provisória sobre a reforma do Ensino Médio, o Ministério da Educação divulgou uma nota, na noite desta quinta-feira 22, assegurando que nenhuma disciplina será excluída do currículo dos estudantes.

Segundo o secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Rossieli Soares, Educação Física e Artes serão disciplinas obrigatórias a todos os alunos na primeira metade do Ensino Médio, ao contrário do que dizia o texto inicial da MP, que excluía essas duas disciplinas. Apenas Português, Matemática e Inglês serão obrigatórias nos três anos. As demais dez disciplinas serão optativas da metade para o fim.

A nota do MEC foi divulgada depois de o anúncio da maior reforma na educação em 20 anos ter causado bastante polêmica entre especialistas, tanto pelas mudanças quanto pelo fato de ter sido feita via MP, o que elimina o debate com a sociedade civil.

MERVAL AVISA: DEPOIS DE GUIDO, SERÁ A VEZ DE DILMA

O colunista Merval Pereira, do Globo, aposta que a presidente afastada Dilma Rousseff será um dos próximos alvos da Operação Lava Jato.

"Os procuradores de Curitiba frisaram o fato de que Mantega era o presidente do conselho de Administração da Petrobras quando pediu financiamento para pagar dívida de campanha a Eike", diz ele.

"O mesmo ocorreu quando a então ministra Dilma presidia o conselho de Administração da Petrobras, e foi autorizada a compra de Pasadena", prossegue.Ou seja: basta que algum delator relate algum pedido feito por ela, para que também entre na mira de alguma operação. Em Salvador, Dilma disse que a prisão de Guido visava apenas interferir no processo eleitoral.

LULA CRESCE NAS PESQUISAS

O ambiente de ódio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao partido que representa, o PT, torna-se cada vez mais irrespirável desde a última quinta-feira, quando procuradores do Ministério Público Federal afirmaram, em espetáculo midiático ilustrado com gravuras de Power Point, que Lula seria o chefe do esquema de corrupção da Operação Lava Jato.

Os ataques ao líder petista, no entanto, parecem exercer efeito contrário junto à opinião pública. Quanto mais acusações, maior o prestígio de Lula junto ao eleitor, conforme a pesquisa do Instituto Datafolha constatou em sua última pesquisa, em Julho deste ano, ratificada esta semana por outro levantamento, desta vez do Instituto Bahia Pesquisa e Estatística (Babesp).

A explicação para o fenômeno parece óbvia, diante do fato que os promotores do MPF paranaense acusam um cidadão apenas baseados em “convicções”. Nesta quinta-feira, o advogado Maurício Rands, professor da Universidade Federal de Pernambuco e autor do livro A Era Lula, lançado em 2010, comentou a atitude dos promotores que atuam ao lado do juiz Sergio Moro, titular da Justiça Federal, naquele Estado.

Segundo Maurício Rands, “no último dia 14, os Procuradores do Ministério Público Federal afirmaram, em espetáculo midiático no Jornal Nacional, que Lula seria o chefe do esquema de corrupção da Lava Jato. E que seria o dono dos famosos sítio e tríplex. Trata-se do maior ataque já desferido contra Lula. Capaz de torna-lo inelegível até 2018. Com estardalhaço, fizeram uma sessão de marketing político”.

Após dividir a liderança com a ex-senadora Marina Silva (Rede) nos últimos levantamentos, o petista oscilou positivamente e abriu vantagem sobre a potencial adversária, que caiu na preferência dos brasileiros. Os nomes do PSDB consultados também tiveram oscilação negativa ou mantiveram os índices anteriores, o que favoreceu o petista no quadro geral da pesquisa. Além do ex-presidente, o único a ganhar espaço numa eventual disputa presidencial foi Michel Temer, que tinha entre 1% e 2% em abril e, há dois meses, aparece com índices que variam de 4% a 6%.

Lula vence
em qualquer cenário

Na simulação em que Serra representa a candidatura do PSDB, Lula continua com 23%, e Marina fica com 17%. O senador paulista aparece na sequência, com 11%, no mesmo patamar de Bolsonaro (7%). Em seguida pontuam Ciro Gomes (6%), Temer (6%), Luciana Genro (2%), Ronaldo Caiado (2%) e Eduardo Jorge (1%). Votariam em branco ou nulo 19%, e 7% não opinaram sobre a disputa.

VEJA OS CONFRONTOS DAS QUARTAS DE FINAL DA COPA DO BRASIL 2016

A CBF sorteou nesta sexta (23) as quartas de final da Copa do Brasil. Não houve nenhum clássico estadual sorteado, mas é possível que aconteçam clássicos nas semifinais.

Os confrontos em ida e volta estão programados para os dias 28 de setembro e 19 de outubro. Pela primeira vez, apenas campeões do torneio estão presentes nas semifinais.


Entre os gigantes da Série A do Campeonato Brasileiro, há o Juventude, atualmente na Série C, mas campeão da Copa do Brasil 1999, em final contra o Botafogo no Maracanã.

Veja os confrontos abaixo:

Lado 1
Juventude x Atlético-MG
Internacional x Santos
Lado 2
Palmeiras x Grêmio
Corinthians x Cruzeiro.